Portão desbalanceado? Veja dicas de como agir neste caso

Automatizar o portão da residência é um desejo de muitos brasileiros que buscam conforto e segurança, mas alguns cuidados são necessários para que esta comodidade não se torne uma dor de cabeça no futuro.
O motor que será utilizado para automatização pode ser muito potente, mas se o portão estiver desbalanceado, não tem jeito: a probabilidade de parar de funcionar em pouco tempo é bem grande. Mas como saber se o portão está balanceado ou não?
A forma mais fácil de verificar as condições do portão é colocando em modo manual. Todo portão deverá abrir e fechar manualmente sem fazer muita força. Para um portão tipo basculante, deve ser verificado o balanceamento, para isso deve-se desligar totalmente e deixa-lo livre. Se ficar parado, está tudo certo. Caso ele feche ou abra sozinho, com certeza, está desbalanceado.
Em caso de portão deslizante, a constatação é ainda mais simples. “Desligou o motor e puxou facilmente com a mão? Está tudo certo. Caso contrário, se o trilho estiver danificado, as rodinhas desgastadas ou emperrando em algum lugar, o motor vai ser forçado”, explica Melissa Grandolfo, coordenadora do Pós Vendas da Nice Brasil. Lembrando que qualquer coisa que interfira no deslize do portão, como pedras, concreto ou até mesmo uma mangueira no trilho, também forçará o motor e aumentará as chances dele sobrecarregar.
Feita a constatação, o mais indicado é chamar um profissional. Ele pode fazer um balanceamento das caixas laterais ou ainda configurar a central eletrônica do portão basculante para que o motor funcione um pouco acima de sua potência normal, garantindo a abertura e fechamento de forma correta.

Mais informações, entre em contato com um profissional da sua confiança para garantir uma manutenção segura do seu portão.